PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulher critica hotel no Facebook e é xingada por dono: "Vadia reclamona"

A fachada do Townhouse Hotel, na Escócia: Sopa fria, mas dono com cabeça quente - Reprodução/Google Earth
A fachada do Townhouse Hotel, na Escócia: Sopa fria, mas dono com cabeça quente Imagem: Reprodução/Google Earth

Do UOL, em São Paulo

28/09/2020 16h20

Uma mulher de 63 anos foi atacada no Facebook depois de deixar uma crítica negativa sobre o restaurante de um hotel da Escócia, no Reino Unido. O pior foi quem a atacou: o proprietário do estabelecimento, que a chamou de "vadia reclamona" usando o perfil oficial da estalagem.

Fi Petire comentou na página do Facebook do Townhouse Hotel, na cidade de Melrose, que estava preocupada com a "falta de medidas conta a covid-19" no restaurante do estabelecimento. Além disso, se queixou por ter recebido uma sopa que, segundo ela, estava fria. Adicionou ainda que houve negligência ao não registrarem seu contato e má limpeza das mesas.

Foi o suficiente para que o próprio perfil do Townhouse Hotel, gerido pelo proprietário do hospedaria, a respondesse sem quaisquer meias-palavras: "Vai se f*der, sua vadia reclamona. Sim, você deveria ter ido se f*der quando não pegamos seu nome e seu número de telefone, mas agora que você escreveu uma choradeira no Facebook, temos suas informações", escreveu o perfil do hotel.

O comentário rude do dono do Townhouse Hotel: "Vadia reclamona" - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
O comentário rude do dono do Townhouse Hotel: "Vadia reclamona"
Imagem: Reprodução/Facebook

A mensagem grosseira foi apagada, mas Petire conseguiu tirar uma captura de tela e publicar no perfil dela do Facebook. "Eu fiquei perplexa quando vi a resposta deles. Realmente fiquei chocada", afirmou a idosa. "Por que pedir avaliações se você vai reagir assim", questionou.

Ao jornal britânico Daily Record, o dono do Townhouse Hotel admitiu ter "queimado um pavio". "Este lugar é muito mais limpo que os arredores dele. Ela provavelmente nunca teve um negócio ou não sabe como é difícil gerenciar", se queixou. "Podemos ajudar uns aos outros neste momento, ao invés de escrever más avaliações".

Internacional