PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Debate Trump x Biden começa com caos, discussões e interrupção de moderador

Do UOL, em São Paulo

29/09/2020 22h50Atualizada em 30/09/2020 01h58

O primeiro debate presidencial entre o republicano Donald Trump e o democrata Joe Biden começou com muito bate-boca e troca de acusações entre os dois candidatos, além disso o apresentador precisou intervir para acalmar os ânimos. Este é o primeiro encontro entre Trump e Biden, que o UOL retransmite em parceria com a CNN Brasil.

Trump interrompeu, inúmeras vezes, a fala de Biden sobre a indicação feita pelo presidente republicano à vaga na Suprema Corte; Biden, em contrapartida, acusou Trump de querer acabar com o Obamacare. Houve bate-boca e o moderador, o apresentador Chris Wallace, teve de intervir.

"Você pode se calar, cara?", chegou a dizer Biden, que foi ignorado pelo presidente. "Continue vociferando, cara", concluiu.

"O debate se transformou em caos nos primeiros 20 minutos (...). As interrupções transformaram as primeiras partes em um vale-tudo, no qual havia pouco espaço para explorar as diferenças políticas", definiu a CNN americana, em seu site.

Biden lidera pesquisas

A eleição americana está marcada para o dia 3 de novembro. As pesquisas de intenção de voto têm apontado liderança de Biden na disputa.

De acordo com o levantamento, realizado pelo jornal Wall Street Journal e a rede de TV NBC News, na semana passada, cerca de 51% dos eleitores registrados no país votariam em Biden se a eleição fosse hoje, ante 43% que apoiariam Trump.

A vantagem de oito pontos percentuais de Biden em relação a Trump foi semelhante à da pesquisa feita em agosto, de 9 pontos percentuais. Em julho, a diferença entre os dois candidatos era de 11 pontos.

Biden vem liderando as pesquisas de intenção de voto por seis pontos ou mais ao longo de todo o ano.

Internacional