PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Irmãos separados durante adoção se reencontram nos EUA após 60 anos

Irmãos se reencontram após 60 anos, nos EUA - Reprodução/YouTube
Irmãos se reencontram após 60 anos, nos EUA Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

29/09/2020 15h04

No estado de Nova York, nos Estados Unidos, dois irmãos se reencontraram após 60 anos separados, sem terem notícias um do outro. A separação ocorreu na infância, quando Donald Crawford, hoje com 67 anos, e Bruce DeLude, 69, viviam em um orfanato.

Donald tinha então apenas 7 anos e Bruce, 9, quando os dois foram adotados por famílias diferentes. "Acho que nem sabíamos que eles iriam realmente nos separar até que me colocaram em um carro e ele em outro, e essa foi a última vez que o vi", relatou Donald, ao canal televisivo WGRZ-TV.

Mas o destino reuniu os dois, que nunca deixaram de procurar um ao outro. A busca só teve fim quando Heather, filha de Bruce, ajudou o pai na procura. A mulher acabou descobrindo um número de telefone que acreditava ser do tio ao qual ela jamais tinha conhecido.

Heather deixou três mensagens para Donald, que as retornou com uma ligação. O resultado foi então que ele partiu de onde vive, no estado de Tennessee, até o oeste nova iorquino. Com isso, após seis décadas separados, os irmãos se reveram na companhia de amigos e parentes.

Depois de tanto tempo, os dois ainda se questionam sobre os motivos que os levaram a terem sido adotados separadamente. "Meus pais adotivos queriam adotar nós ambos, mas depois disseram nem pensar. Não tem como uma só família aguentar nós dois", supôs Donald, em entrevista ao WGRZ-TV.

Sobre o momento do reencontro, Bruce afirmou que não conseguia acreditar nem por um segundo que seu irmão estava ali na sua frente. "Eu estava completamente chocado", disse. Daqui pra frente, de acordo com o americano, a família planeja comemorar a reunião tardia entre irmãos anualmente, em uma espécie de "Natal em setembro".

Internacional