PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trump suspende pacote de estímulo econômico nos EUA até depois das eleições

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acena e faz "joinha" de varanda da Casa Branca - Nicholas Kamm/AFP
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acena e faz "joinha" de varanda da Casa Branca Imagem: Nicholas Kamm/AFP

Do UOL, em São Paulo

06/10/2020 16h34

O presidente norte-americano Donald Trump anunciou a suspensão das negociações para pacote de estímulo econômico até depois das eleições, marcada para o dia 3 de novembro. O pacote, estimado em trilhões de dólares, seria mais uma tentativa do governo Trump de reduzir o impacto da pandemia do coronavírus nos EUA.

"Eu instruí meus representantes a pararem de negociar até depois da eleição, quando, imediatamente depois de eu ganhar, aprovaremos um grande projeto de lei de estímulo que se concentra nos americanos trabalhadores e nas pequenas empresas", escreveu Trump, em seu perfil, no Twitter.

O presidente acrescentou ainda que pediu ao líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, para "se concentrar em tempo integral" na confirmação de Amy Coney Barrett, indicada por ele à vaga na suprema corte dos EUA.

Segundo a rede de TV CNBC, Trump conversou com os líderes congressistas republicanos sobre os planos de estímulo no início do dia.

A repercussão do anúncio de suspensão do pacote foi imediata: por volta das 16h05 de Brasília (19H05 GMT), o Dow Jones Industrial Average recuava 1,11%, a 27.836,53 pontos; o Nasdaq perdia 1,29%, a 11.186,16; e o S&P 500 caía 1,20%, a 3.367,73 pontos, após operarem no azul durante todo o dia.

No Brasil, o Ibovespa virou para queda depois da fala do presidente americano.

Internacional