PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Japão chega a 100 mil casos de covid-19 após nove meses de 1ª confirmação

Estudantes usam máscara para se proteger do coronavírus enquanto caminham por Tóquio, no Japão - James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Estudantes usam máscara para se proteger do coronavírus enquanto caminham por Tóquio, no Japão Imagem: James Matsumoto/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Da AP

30/10/2020 07h05

Os casos de coronavírus no Japão chegaram a 100 mil, nove meses após a primeira confirmação, em meados de janeiro, disse o ministério da saúde do país hoje.

O Japão informou 808 novos casos nas últimas 24 horas, elevando o número cumulativo para 100.334, incluindo 712 pessoas que estavam em um navio de cruzeiro que atracou em um porto japonês no início deste ano.

Cerca de um terço dos casos vêm de Tóquio, onde 221 casos foram confirmados ontem, elevando o total da província para 30.677, incluindo 453 mortes. Em todo o país, o Japão tem mais de 1.700 mortes.

Especialistas dizem que o Japão tem conseguido até agora evitar infecções "explosivas" como na Europa e nos EUA sem impor bloqueios, muito provavelmente graças ao uso comum de máscaras faciais e desinfetantes, bem como outras medidas preventivas comuns, incluindo o distanciamento social.

O Japão entrou em estado de emergência em todo o país em abril e maio e experimentou uma segunda onda menos grave em agosto, mas desde então tem visto uma ligeira tendência de alta em novos casos ao norte, gerando preocupações de um aumento no inverno.

Os especialistas recomendam cautela extra em jantares, festas com bebidas e locais de trabalho. De acordo com dados do ministério da saúde, quase metade dos novos pacientes tinha entre 20 e 30 anos.

A prefeitura de Hokkaido, no extremo norte do Japão, esta semana aumentou seu nível de alerta depois de encontrar grandes aglomerados em distritos de entretenimento urbano.

Especialistas também pediram cautela em Tóquio, onde a contagem diária oscilou entre 100 e 200.

Coronavírus