PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

'Brooke Shields do Kuwait' pode ser condenada por agredir ex-marido

A modelo Rawan Bin Hussain, de 24 anos, pode ser condenada por agredir o ex-marido - Reprodução/Instagram/@rawan
A modelo Rawan Bin Hussain, de 24 anos, pode ser condenada por agredir o ex-marido Imagem: Reprodução/Instagram/@rawan

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/01/2021 15h14

Apelidada de "Brooke Shields do Kuwait" pela semelhança que teria com a atriz norte-americana estrela do clássico "A Lagoa Azul" (1980), a modelo Rawan Bin Hussain, de 24 anos, poderá ser condenada por ter supostamente perseguido e espancado o ex-marido em junho de 2020.

O episódio teria ocorrido no centro de Londres, na Inglaterra, quando a modelo teria seguido o ex, o empresário líbio Mohammed Migariaf, e o agredido. Ela também foi acusada de destruir a camisa que ele vestia, uma peça cara que valia 200 libras esterlinas (aproximadamente R$ 1,4 mil).

Rawan deverá comparecer em uma audiência na Inglaterra, onde será julgada pela Corte Westminster Magistrates, no próximo dia 25 de maio, segundo o site britânico The Sun.

Mas, desde já, a ex-estrela da Cosmopolitan no Oriente Médio está proibida de contatar o ex-marido ou ir até a residência onde ele mora.

No mês passado, Rawan testou positivo para a covid-19 e não pôde viajar dos Emirados Árabes até a Inglaterra ara participar de uma audiência. A crise sanitária permitiu que a jovem fosse dispensada de comparecer ao tribunal.

"Ela [Rawan] mora em Dubai, atualmente está lá com seu filho pequeno", argumentou a advogada da modelo, Katie Mustard, que garantiu que Rawan se sentia "ansiosa" para o julgamento, embora não pudesse estar presente.

A influenciadora, que é formada em direito pelo King's College, de Londres, nega as acusações de "perseguição, espancamento, agressão e danos criminosos à propriedade" do ex-marido.

Internacional