PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Lealdade! Cachorra espera pelo dono por cinco dias em porta de hospital

Médicos liberaram dono para encontrar a cadela na porta do hospital, usando cadeira de rodas - Reprodução/YouTube
Médicos liberaram dono para encontrar a cadela na porta do hospital, usando cadeira de rodas Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/01/2021 12h25

Uma cadela passou cinco dias na porta de um hospital em Trabzon, na Turquia, esperando seu dono receber alta de uma internação. A família da pet até tentou levá-la de volta para casa, mas ela teimava em voltar para a vigília até que pudesse retornar ao lado do homem escolhido como favorito.

Quando Cemal Senturk adoeceu no início deste mês, sua cachorra Boncuk, fez questão de seguir a ambulância que o levou até o hospital para saber para onde ele ia. Cães não são permitidos a entrar no local, mas isso não foi um problema para o pet que mostrou sua lealdade postada na porta de entrada.

A filha de Cemal, Aynur Egeli, disse que tentou levar a vira-lata de volta para casa várias vezes, mas ele sempre dava um jeito de voltar para o hospital. "Boncuk nunca saiu do lado de meu pai", disse a filha para explicar a relação de afeto entre a cadela e o homem.

"Ela vinha todos os dias por volta das 9 h e esperava o anoitecer para ir embora", disse um segurança do hospital. Além de lealdade, a cachorra também deu um show de educação, pois, segundo o segurança, ela não tramava invasões e entrava apenas com o focinho para ver se o dono estava por perto, quando as portas se abriam.

A equipe do hospital, maravilhada com a lealdade de Boncuk, decidiu premiar a cachorra pela lealdade. Além de alimentar a mascote, os funcionários do hospital deixaram o dono em um quarto com vista para ela, e os médicos liberaram que ele a encontrasse usando uma cadeira de rodas.

Em um desses breves encontros, enquanto abraçava a cachorra, Cemal disse à mídia local: "Ela está muito acostumada comigo. E eu também sinto falta dela, constantemente".

Assista a um vídeo com cenas dos momentos de espera e lealdade da cachorra:

Inseparável de Cemal desde que nasceu, há nove anos, Boncuk pôde enfim voltar para casa com dono após cinco dias de espera. "A razão pela qual ela está tão perto de mim é porque eu presto muita atenção nela", disse Cemal para a agência Associated Press.

"Nunca fico zangado com ela. Cachorros são animais que adoram atenção constante. Se você demonstrar interesse, pode direcioná-la como desejar", concluiu Cemal, feliz pela alta hospitalar e pela lealdade de sua amiga canina.

Internacional