PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Com choro forçado e discursos, dominicana ensaia o próprio funeral

Imagem da dominicana deitada em caixão em "falso" funeral - Reprodução/Newsflash
Imagem da dominicana deitada em caixão em 'falso' funeral Imagem: Reprodução/Newsflash

Colaboração para o UOL, em São Paulo

14/05/2021 15h48

Uma mulher de 59 anos, da República Dominicana, realizou no final de abril um desejo bizarro: "ensaiou" seu próprio funeral para ver como seus amigos lamentariam sua morte. Mayra Alonzo preparou o evento fúnebre na cidade de Santiago e as fotos viralizaram.

Com um longo vestido branco, como as noivas usam em seus casamentos, o funeral contou com Alonzo deitada em um caixão, cercada por seus familiares amigos mais íntimos. Cada pessoa tinha sua vez de se despedir da dominicana, com direito a discurso, lágrimas forçadas e um clima de tristeza.

Enquanto os presentes comiam e contavam histórias sobre a vida de Alonzo, ela continuou no caixão por horas. O falso enterro custou aproximadamente R$ 5 mil, de acordo com o Listin Diario, site de notícias local.

Funeral falso  - Reprodução/Newsflash - Reprodução/Newsflash
Dominicana deitada em caixão no funeral falso
Imagem: Reprodução/Newsflash

Ao anoitecer, a dominicana agradeceu a presença de todos e confessou que o dia era um "sonho que se tornou realidade", embora a sensação de ficar em um caixão seja "desagradável".

Motivada pelas vidas perdidas em decorrência do coronavírus em seu país, a mulher organizou a cerimônia para celebrar sua vida — ainda que a maneira escolhida tenha sido um bocado inusitada.

Internacional