PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
15 dias

Homem agride comissário, tenta abrir cabine e pode pagar até R$ 276 mil

Passageiro estava a bordo de um voo da Delta Air Lines que ia de Honolulu, no Havaí, para Seattle, em Washington (EUA) - Wikimedia Commons
Passageiro estava a bordo de um voo da Delta Air Lines que ia de Honolulu, no Havaí, para Seattle, em Washington (EUA) Imagem: Wikimedia Commons

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 16h34Atualizada em 18/05/2021 18h13

Um passageiro de um voo que ia de Honolulu, no Havaí, para Seattle, no estado de Washington, pode ser multado em até 52,5 mil dólares (aproximadamente R$ 276 mil) após supostamente ter agredido um comissário de bordo e tentado entrar na cabine do avião.

A punição foi sugerida ontem pela agência governamental FAA (Federal Aviation Administration), que também sugeriu penalidades para outros três passageiros de outros voos.

As multas pedidas pelo órgão vão de 9 mil dólares (cerca de R$ 47,3 mil) até o valor requerido ao passageiro do avião da Delta Airlines, o máximo possível.

O episódio em questão ocorreu em 23 de dezembro, de acordo com o site da revista People. Em comunicado, a FAA alegou que o passageiro tentou abrir a porta da cabine e se recusou a cumprir as instruções dos membros da tripulação.

Em seguida, ele teria agredido fisicamente um comissário, batendo no rosto dele e empurrando-o no chão. A agressão ocorreu, segundo a FAA, logo depois que a vítima tentou conter o passageiro.

A agência informou que o acusado foi detido com algemas, mas que eventualmente se livrou delas e bateu no rosto do mesmo comissário pela segunda vez.

"A polícia embarcou na aeronave depois que ela pousou e levou o passageiro sob custódia", concluiu a agência federal.

Outros passageiros multados nos EUA

Em 1 de janeiro de 2020, em uma aeronave da Southwest Airlines, que ia de Phoenix para Chicago, um passageiro teria gritado "que ia matar alguém e que tinha uma bomba" para explodir o avião. Ele pode ser multado em 27 mil dólares (R$ 141 mil).

Já em 5 de fevereiro deste ano, dentro de um voo da JetBlue Airlines, que ia de Lauderdale para Las Vegas, um homem teria bebido várias mini garrafas de álcool não servidas pela companhia aérea e "removido continuamente sua máscara". A multa dele é estimada em 18,5 mil dólares (R$ 97,1 mil).

Por último, uma outra ocorrência foi registrada em uma aeronave da Allegiant Air, que voava de Fort. Lauderdale para Knoxville, em 5 de fevereiro de 2021.

Na ocasião, um indivíduo teria tirado várias vezes a máscara e xingado comissários. Ele poderá pagar 9 mil dólares de multa, o que vale cerca de R$ 47,3 mil.

Internacional