PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
8 meses

Netanyahu: Israel usará 'novo nível de força' se Hamas romper cessar-fogo

21.mai.2021 - Um palestino descansa nos escombros após retornar para sua casa destruída após o acordo de cessar-fogo entre Israel-Hamas em Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza, em 21 de maio de 2021. - REUTERS / Mohammed Salem
21.mai.2021 - Um palestino descansa nos escombros após retornar para sua casa destruída após o acordo de cessar-fogo entre Israel-Hamas em Beit Hanoun, no norte da Faixa de Gaza, em 21 de maio de 2021. Imagem: REUTERS / Mohammed Salem

Do UOL, em São Paulo

21/05/2021 08h49

Com o início do cessar-fogo hoje, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu alertou o Hamas que seus militares responderão com "um novo nível de força" se o grupo iniciar disparos foguetes contra Israel.

"Se o Hamas pensa que toleraremos uma garoa de foguetes, está errado", disse o líder israelense, acrescentando que seus militares reagiriam com "um novo nível de força contra qualquer expressão de agressão contra as comunidades ao redor de Gaza e qualquer outra parte de Israel".

O cessar-fogo entre Israel e Palestina na região de Gaza entrou oficialmente em vigor às 2h desta sexta-feira (20h de quinta-feira no horário de Brasília).

O conflito de 11 dias deixou pelo menos 244 mortos. Destes, 232 eram palestinas e 12 israelenses. No mínimo 63 crianças morreram no confronto. Hoje, Netanyahu classificou a operação militar como "um êxito excepcional".

"Alcançamos os objetivos, é um êxito excepcional", afirmou Netanyahu à imprensa no quartel-general do exército em Tel Aviv, após 11 dias de hostilidades entre as forças israelenses e o movimento islamita Hamas, que governa o território palestino.

Internacional