PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Temporal na Alemanha revela esconderijo com artigos do partido de Hitler

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/08/2021 08h44Atualizada em 05/08/2021 19h23

O temporal que devastou parte da Alemanha há duas semanas inundou casas, carros e matou pelo menos 165 pessoas. Entre as consequências do temporal, a parte de trás da parede de uma casa antiga no distrito de Hagen revelou um antigo esconderijo nazista que agora é investigado pelos historiadores.

Coincidentemente, o homem que encontrou os arquivos nazistas foi um historiador. O primeiro andar da casa de Sebastian Yurseven foi tomado pela água e, dias depois, ele começou a reparar o desastre.

O alemão encontrou uma placa de gesso encharcada avulsa na parede. Ele deu uma olhada mais de perto e achou uma edição impressa do ainda existente jornal Westfalenpost de 1940, segundo o próprio veículo de informação.

O historiador ainda achou no meio da bagunça diversos itens que indicavam a presença de fanáticos nazistas na época da Segunda Guerra. Um revólver, um soco-inglês, dezenas de máscaras de gás, uma águia símbolo do NSDAP (Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães, em tradução para o português), livros nazistas e uma pintura com o rosto de Adolf Hitler.

"Só ficou claro que isso era um grande achado depois de alguns momentos. É algo muito importante, porque a literatura nazista ainda é pouco conhecida", diz Yurseven ao jornal.

Especialistas acreditam que a casa pudesse ser o lugar onde nazistas se refugiaram quando as tropas norte-americanas invadiram o país, em 1945.

Segundo o britânico The Sun, alguns documentos, que têm quase 100 anos, serão expostos no museu da cidade de Hagen.

Internacional