PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

'Cobra pênis' sul-americana é identificada pela 1ª vez nos Estados Unidos

Cobra pênis, da espécie Typhlonectes natans - Reprodução/Florida Museum
Cobra pênis, da espécie Typhlonectes natans Imagem: Reprodução/Florida Museum

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2021 18h36Atualizada em 05/08/2021 08h40

Um animal encontrado em Miami, nos Estados Unidos, foi identificado por cientistas como sendo uma "cobra pênis", um anfíbio nativo da Venezuela e da Colômbia que, até então, nunca havia sido registrado em solo norte-americano. O caso foi reportado em pesquisa publicada na revista Reptiles and Anphibians.

Apesar de se parecer com um réptil, o animal é um anfíbio da espécie Typhlonectes natans. Medindo cerca de 60 centímetros de comprimento, sua aparência única lhe rendeu o apelido curioso pelo qual é conhecido.

O espécime foi encontrado em 2019, no Canal Tamiami, e, desde então, o local tem sido analisado por pesquisadores, que agora confirmaram sua identidade. Depois que a cobra morreu, seu corpo foi encaminhado ao Museu da Flórida, onde a descoberta foi feita.

Os cientistas continuaram a pesquisar as águas rasas de Miami e já encontraram outros espécimes da "cobra pênis". Os impactos dos novos habitantes para o ecossistema local ainda são incertos

Cobra pênis - Reprodução/Florida Museum - Reprodução/Florida Museum
Cobra Typhlonectes natans
Imagem: Reprodução/Florida Museum

"Muito pouco se sabe sobre esses animais selvagens, mas não há nada particularmente perigoso sobre eles e eles não parecem ser predadores sérios", disse Coleman Sheehy, do Museu da Flórida. "Eles provavelmente comerão animais pequenos e serão comidos por animais maiores".

Os estudiosos não sabem como as cobras foram parar no canal, mas acreditam que elas tenham sido abandonadas por humanos que tentaram cria-las em cativeiro. "Este pode ser um ambiente onde esta espécie conseguirá prosperar", pondera Sheehy sobre a região de Miami.

Embora seja a primeira vez que a linhagem da "cobra pênis" é encontrada nos Estados Unidos, ancestrais da espécie viviam no sudoeste do país há cerca de 170 milhões de anos.

Internacional