PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Ariel? Mulher bate recorde ao nadar 30 km usando uma 'cauda de sereia'

Nadadora da Estônia bate recorde mundial ao nadar 30 km, em Miami Beach, na Flórida - Divulgação/ Guinness World Records
Nadadora da Estônia bate recorde mundial ao nadar 30 km, em Miami Beach, na Flórida Imagem: Divulgação/ Guinness World Records

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2021 18h40Atualizada em 04/08/2021 18h41

A modelo e nadadora Merle Liivand, da Estônia, resolveu comemorar o aniversário de 30 anos de uma maneira diferente: batendo o recorde mundial de natação com uso de monofin - tipo de nadadeira que lembra a cauda de uma sereia.

Para alcançar o feito, ela nadou sem usar os braços, impulsionando-se apenas com sua cauda de sereia, por 9 horas e 19 minutos, percorrendo a distância de 30 quilômetros no mar de Miami Beach, na Flórida.

Merle é uma importante defensora do meio ambiente e luta contra a poluição do mar. A nadadora usa seus mergulhos de longa distância para chamar a atenção para a causa, além de frequentemente realizar operações de limpeza e trabalhar na retirada de lixo do oceano. "Há muito lixo na praia. Cada um deveria retirar o seu", advogou a nadadora ao Guinness World Records.

Com o feito, Merle bateu o próprio recorde, conquistado no ano passado, quando ela nadou uma distância de 20 km. Em 2019, ela também já havia conquistado outro recorde nadando 10 km em mar aberto.

Internacional