PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Menina de 5 anos tem intoxicação após beber metade de frasco de álcool gel

Menina passa bem depois de consumir cerca de 170 ml de álcool gel - Crédito: Frederic J. Brown (Getty Images)
Menina passa bem depois de consumir cerca de 170 ml de álcool gel Imagem: Crédito: Frederic J. Brown (Getty Images)

Do UOL, em São Paulo

15/09/2021 21h29Atualizada em 15/09/2021 21h54

Uma menina de cinco anos sofreu uma intoxicação após consumir metade de um frasco de álcool gel enquanto estava na escola, no estado da Pensilvânia (EUA).

A garota estava apenas no seu segundo dia de aula quando foi vítima do acidente. A mãe da criança contou à emissora CBS que foi chamada às pressas pelo diretor da instituição depois que a filha desmaiou no chão do refeitório, apresentando ainda tremores.

A mulher, que não quis se identificar, disse que decidiu compartilhar as causas do mal-estar para alertar outros pais. Sua filha foi encaminhada a um hospital infantil da região e passa bem.

"Ela estava completamente fora de si. Eu tentei acordá-la, ela abriu os olhos um pouco e olhou para mim, mas é como se ela estivesse olhando através de mim. E depois ela começou a chorar e então deitou de barriga para baixo", detalhou a mãe à TV local. "Eu fiquei muito assustada. Não tinha ideia (do que aconteceu). O médico também não tinha nenhuma ideia".

Já no hospital, depois de horas de dúvidas sobre a causa dos problemas da criança, a mulher recebeu uma ligação da escola contando que a menina havia consumido metade de um frasco de álcool gel 70%, de uso individual e identificado com o nome de cada aluno. No total, ela ingeriu cerca de 170 ml do produto.

O superintendente da escola, Barry Balaski, afirmou em nota que "a saúde e o bem-estar dos estudantes é uma prioridade" e que cabe aos guardiões legais dos estudantes decidir se querem a retirada dos frascos da mesa de suas crianças, um item padrão nas mesas das escolas durante a pandemia de covid-19.

No estado da Pensilvânia, onde a garota sofreu o acidente, o número de casos de intoxicação por álcool gel subiu 56% nos últimos 18 meses, segundo Michael Lynch, chefe do Centro de Estudos sobre Venenos de Pittsburgh.

Internacional