PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Cirurgião é multado em R$ 17 mil por amputar a perna errada de idoso

Médico considerado culpado por negligência ao amputar perna errada paciente deve pagar multa de ? 2.700 - FangXiaNuo/Getty Images
Médico considerado culpado por negligência ao amputar perna errada paciente deve pagar multa de ? 2.700 Imagem: FangXiaNuo/Getty Images

Colaboração para o UOL

02/12/2021 11h06Atualizada em 02/12/2021 14h34

Um tribunal na Áustria multou um cirurgião por amputar a perna errada de um paciente diabético de 82 anos. O incidente aconteceu no dia 18 de maio, quando o cirurgião da Clínica Freistadt, em uma cidade de mesmo nome perto da fronteira tcheca, marcou a perna direita, em vez da perna esquerda do idoso, que sofria de graves problemas de saúde.

Ele só percebeu o equívoco dois dias depois de realizar a cirurgia, quando a equipe de enfermagem realizava a troca de curativos de rotina.

O idoso teve que ser submetido a uma nova cirurgia para a amputação da perna direita.

Ao se defender das acusações, o médico de 43 anos afirmou que os prejuízos causados ao paciente ocorreram devido a um "erro humano". O juiz o considerou culpado de negligência grave e o condenou ontem ao pagamento do equivalente a R$ 17 mil, de acordo com um porta-voz do tribunal da cidade de Linz.

O cirurgião também disse que houve uma falha na cadeia de controle da sala de operações. Desde então, ele se mudou para outra clínica e pode apelar da decisão.

Em comunicado, a direção da Clínica Freistadt afirmou que foram analisadas detalhadamente as causas e circunstâncias deste erro médico e que novos procedimentos internos foram discutidos com a equipe, que passará por cursos de formação.

Internacional