PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Califórnia tem ondas fortes após tsunami em Tonga: 'Afaste-se da costa'

Do UOL, em São Paulo

16/01/2022 08h03Atualizada em 16/01/2022 09h05

Ondas mais fortes foram registradas na costa oeste dos Estados Unidos em razão da erupção vulcânica que aconteceu ontem em Tonga. A atividade em um vulcão submarino gerou um tsunami, que atingiu o país da região do Pacífico Sul.

Na Califórnia, estado norte-americano, imagens divulgadas nas redes sociais mostraram que, ontem, algumas áreas costeiras ficaram alagadas, como na cidade de Santa Cruz. Vídeos também mostram que membros do Corpo de Bombeiros no município chegaram a ir a áreas próximas ao litoral para alertar sobre riscos na região.

O Serviço Nacional do Clima dos Estados Unidos chegou a emitir alertas de tsunami para a costa oeste, da Califórnia ao Alasca, prevendo ondas de até 60 centímetros, fortes correntes e inundações costeiras. "Um tsunami está em andamento. Lembre-se: a primeira onda pode não ser a maior. Afaste-se da costa e dirija-se a terrenos mais altos", escreveu o Centro Nacional de Alerta de Tsunamis do país.

De acordo com os serviços meteorológicos dos EUA, o Havaí foi afetado por "pequenas inundações".

O vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai está localizado em uma ilha desabitada cerca de 65 quilômetros ao norte de Nuku'alofa, capital de Tonga. A erupção vulcânica submarina no Pacífico provocou pânico nas ilhas de Tonga com um tsunami que provocou ondas de 1,20 metro no Japão e gerou alertas também no Chile e no Equador.

Por meio de imagens feitas do espaço, foi possível observar o momento em que a última erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai lançou um cogumelo de fumaça e cinzas ao ar e uma onda de choque pelo mar ao redor.
A erupção durou oito minutos e foi tão forte que foi ouvida "como um trovão distante" nas Ilhas Fiji, a mais de 800 quilômetros de distância.

Ao longo do dia, milhares de pessoas que aproveitavam as praias do Chile durante o verão foram alertadas pelo som estridente de um alerta de tsunami em seus celulares. Praias em todas as regiões da fronteira norte com o Peru até o extremo sul foram evacuadas. Desde a manhã, foi registrada uma variação na altura das ondas entre 30 centímetros e um metro.

As autoridades do Equador também emitiram um alerta de tsunami para a costa continental do país enquanto monitoravam as variações do nível do mar nas Ilhas Galápagos.

(Com AFP)

Internacional