PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
4 meses

Sistema que fura pneus de caloteiros impede passagem em pedágio no México

Sistema que fura pneus é acionado quando carros passam em pedágio sem pagar - Reprodução
Sistema que fura pneus é acionado quando carros passam em pedágio sem pagar Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

18/01/2022 23h21

O motorista de uma van tentou burlar o pedágio, em Ecatepec, no México, mas pensou duas vezes e retornou para fazer o pagamento da tarifa depois que o sistema batizado como "poncha llantas" (fura pneus) foi acionado pela concessionária que administra a rodovia. O sistema, inédito no país, começou a funcionar nesta terça-feira (18).

O episódio ocorreu menos de duas horas depois do lançamento do equipamento, que consiste em uma barra de lanças com pontas afiadas. A barra é acionada junto com um alarme sonoro quando o motorista decide passar pela cancela da praça de pedágio sem pagar o valor da tarifa.

A imagem do momento em que o motorista da van decide parar e retornar para realizar o pagamento foi divulgada nas redes sociais. (Assista ao vídeo abaixo)

Segundo a imprensa local, uma carreta também resolveu passar por cima do novo sistema e, oito quilômetros depois, ficou parada devido ao estrago provocado nos pneus pelo "poncha llantas".

O diretor de operações do Circuito Exterior Mexicano Javier Castro Félix explicou em entrevista que nos últimos anos se acentuou a prática de passar por pedágios e não pagar as tarifas. Ele também justifica a introdução do equipamento como uma forma "de proteger a integridade dos trabalhadores e dos próprios motoristas que utilizam a rodovia".

Estima-se que em um ano pouco mais de 19 milhões de motoristas mexicanos deixaram de efetuar o pagamento de pedágios no país, o que representa uma perda de 1,5 bilhão de pesos (cerca de R$ 407 milhões, na cotação atual) para as concessionárias.

No Brasil, a multa por evasão de pedágio, ou por não pagar o valor pelo uso da via sob concessão, é de R$ 195,23. Por se tratar de infração de natureza grave, o motorista flagrado realizando a conduta descrita na lei também receberá 5 pontos em sua CNH.

Internacional