PUBLICIDADE
Topo

Internacional

EUA: Bombeiro vai combater incêndio e descobre 10 familiares entre mortos

Bombeiro perdeu dez membros da família em incêndio na Pensilvânia (EUA) - Reprodução/wnep
Bombeiro perdeu dez membros da família em incêndio na Pensilvânia (EUA) Imagem: Reprodução/wnep

Do UOL, em São Paulo

06/08/2022 13h06Atualizada em 06/08/2022 14h57

Um bombeiro voluntário de Nescopeck, na Pensilvânia (EUA), foi chamado para combater um incêndio e, ao chegar ao local, descobriu que dez vítimas eram de sua família. O caso aconteceu na madrugada de ontem.

Segundo a agência AP (Associated Press), o incêndio matou sete adultos e três crianças com idades entre cinco e sete anos. Três pessoas conseguiram escapar da casa de dois andares.

Harold Baker, 57, contou que entre os dez mortos estão seu filho, sua filha, o sogro, cunhado, cunhada, três netos e outros dois parentes. Ele relatou que os filhos estavam visitando a casa dos tios para aproveitar o verão.

"Tudo o que eu queria fazer era entrar lá e chegar até essas pessoas, minha família. Isso é tudo o que eu estava pensando", disse ele à agência. Ele tentou entrar na casa, mas foi impedido pelos colegas porque o fogo já havia se espalhado pelo imóvel.

O bombeiro relatou ainda que 13 cães também estavam na casa, mas não soube dizer se algum deles sobreviveu.

Uma investigação preliminar sugeriu que o incêndio começou na varanda da frente por volta das 2h30 (horário local).

Baker contou ainda à AP que o endereço inicialmente dado para a ligação era de uma casa vizinha. Ele só percebeu que se tratava da casa de seus parentes quando chegou ao local.

"Não havia nada que pudéssemos fazer para entrar lá. Tentamos, mas não conseguimos", lamentou.

Um dos vizinhos relatou ter escutado uma explosão antes de as chamas começarem. O caso está sendo investigado pelas autoridades locais.

Internacional