Quem pode ter bomba nuclear no Oriente Médio?

A Guerra entre Israel e Hamas traz à tona a questão das armas nucleares. Apesar de nenhum país do Oriente Médio ter a permissão para ter arsenal nuclear, a realidade é diferente, e pode colocar em risco todo o planeta.

O que aconteceu:

  • No mundo, apenas cinco países têm o direito de ter armas nucleares, segundo o TNP (Tratado de Não-Proliferação Nuclear), de 1970: Estados Unidos, Rússia, Reino Unido, França e China.

  • Esses cinco países foram os vencedores da Segunda Guerra Mundial (1939-45) e são membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas).

  • No entanto, outros quatro países possuem armas nucleares, segundo a FAS (Federação de Cientistas Americanos, na sigla em inglês): Paquistão, Índia, Israel e Coreia do Norte.

  • De acordo com a FAS, em 2022, Israel possuía cerca de 90 armas nucleares. O governo israelita não confirma e nem nega que tenha armamento nuclear em seu arsenal.

  • No levantamento feito em 2022, a FAS identificou que há 12.705 armamentos nucleares no planeta, divididos entre os nove países citados acima. Mais de 90% pertencem a Estados Unidos e Rússia.

E o Irã?

Uma das potências do Oriente Médio é o Irã, que rivaliza com Israel na questão geopolítica. O país sempre foi acusado de ter armas nucleares no arsenal. No entanto, em 2022, o país negou ter arma nuclear. Contudo, informou que possui o conhecimento e as formas de criar um armamento.

"O Irã tem capacidade técnica para construir uma bomba atômica, mas este plano não está na agenda", disse o chefe do programa nuclear do Irã, Mohammad Eslami, em entrevista à agência de notícias iraniana Fars.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes