Conteúdo publicado há 3 meses

Hamas libera 12 reféns, e Israel solta 30 palestinos em 5º dia de trégua

O quinto grupo de reféns libertados pelo Hamas já chegou a Israel, segundo as Forças de Defesa do país, que também confirmou a liberação de 30 palestinos neste 5º dia de trégua com o grupo extremista.

O que aconteceu

Entre as 12 pessoas, 10 são cidadãos israelenses e dois são tailandeses. Segundo as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), os reféns passaram por uma avaliação médica inicial e seguiram para hospitais.

O Hamas divulgou uma lista dos 30 palestinos soltos de prisões em Israel. A libertação foi confirmada pela autoridade penitenciária israelense. No grupo, há 15 mulheres e 15 menores de idade.

"As Forças de Defesa de Israel saúdam e abraçam os reféns libertados no seu regresso a casa", diz a nota da IDF.

Uma das reféns, a adolescente Mia Leimberg, de 17 anos, foi vista deixando Gaza com seu cachorro. As imagens da liberação foram divulgadas pelo Hamas, no Telegram. Ela foi libertada junto a duas outras pessoas de sua família, segundo o governo de Israel.

Mia Leimberg, jovem de 17 anos, carrega seu cachorro enquanto é libertada pelo Hamas de Gaza
Mia Leimberg, jovem de 17 anos, carrega seu cachorro enquanto é libertada pelo Hamas de Gaza Imagem: Reprodução/Hamas via Telegram

A Cruz Vermelha também confirmou ter transportado os reféns: "As nossas equipes facilitaram com sucesso a libertação e transferência de 12 reféns detidos em Gaza. Conseguimos realizar esta operação graças ao nosso papel de intermediário neutro", diz o comunicado da organização.

Continua após a publicidade

Trégua para liberação de reféns

Israel e o grupo extremista Hamas trocaram acusações e apontaram violações ao acordo de cessar-fogo em Gaza nesta terça-feira (28). Hoje, a guerra chega ao 53º dia.

A expectativa é de que prorrogação da trégua vá até a manhã de quinta-feira (30), segundo o Qatar, principal mediador nas negociações entre Israel e o Hamas.

Hamas e Israel iniciaram trégua na sexta-feira (24) para a troca de reféns. Seriam três prisioneiros palestinos para cada refém israelense liberto. Mais de 60 crianças e mulheres mantidas reféns em Gaza ganharam a liberdade nos cinco dias de cessar-fogo, bem como cerca de 180 prisioneiros palestinos, liberados por Israel.

*Com informações da AFP

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora