Conteúdo publicado há 1 mês

Homem tenta abrir porta de avião e é imobilizado com fita adesiva nos EUA

Um homem teve que ser imobilizado após tentar abrir a porta de um avião, meia hora depois que o voo partiu do Aeroporto Internacional de Albuquerque, no estado do Novo México, nos EUA.

O que aconteceu

A situação ocorreu em um voo da American Airlines, com destino a Chicago, na segunda-feira (19). Vendo a atitude do homem, que colocaria todos no avião em risco, cinco passageiros se lançaram sobre ele e o imobilizaram, prendendo suas pernas com fita adesiva, e as mãos com algemas flexíveis, de plástico, fornecidas pela tripulação.

O voo teve que retornar ao aeroporto para realizar um pouso de emergência, logo após a tentativa do passageiro de abrir a porta da aeronave. Em um post no X, antigo Twitter, o passageiro Zach Etkind postou uma imagem do homem sendo levado pela polícia, momentos após o pouso no aeroporto. Vídeos do incidente circularam nas redes.

Passado o susto, passageiro ironizou a situação: "Trinta minutos após partir de Albuquerque, fui sacudido do meu estupor induzido por uma bandeja de Panda Express (fast food de comida chinesa) e uma dose de tequila por um homem tentando abrir agressivamente a porta do avião, quatro fileiras atrás de mim".

Em entrevista à Fox News, Etkind confessou que no momento em que tudo acontecia vivenciou um medo enorme, uma sensação de pânico. "Pulei da minha cadeira, corri e provavelmente tínhamos uns quatro ou cinco caras tentando arrancar esse cara que estava agarrado e puxando a maçaneta [da porta de emergência]".

Um porta-voz da American Airlines informou que o voo 1219, da American Airlines, tinha como destino a cidade de Chicago, mas retornou a Albuquerque, logo após a decolagem, "devido a um distúrbio na cabine envolvendo um cliente perturbador".

Deixe seu comentário

Só para assinantes