Topo

Fóssil com pinças em formato de tesoura é batizado de Johnny Depp

16/05/2013 12h18

Um fóssil marinho de 500 milhões de anos e com impressionantes pinças em forma de tesoura foi batizado com o nome do ator americano Johnny Depp em homenagem ao personagem Edward mãos de tesoura que ele interpretou no filme de Tim Burton.

Kooteninchela deppi, um distante ancestral da lagosta e do escorpião que vivia em águas rasas ao largo da atual Columbia Britânica, no Canadá, foi identificado por um cientista britânico admirador de Johnny Depp.

"Quando eu vi o par de pinças nos fósseis desta espécie, não consegui deixar de pensar em Edward Mãos de Tesoura (Edward Scissorhands, em inglês). Mesmo o nome Kooteninchela é uma referência ao filme, porque chela é o termo em latim para pinças ou tesoura", explicou comunicado do descobridor do animal, David Legg, do Imperial College London.

"Na verdade, eu também sou fã de Johnny Depp, e qual a melhor maneira de prestar homenagem a este homem do que imortalizar seu nome em uma criatura que já habitou os mares", acrescentou o pesquisador.

David Legg diz acreditar que Kooteninchela deppi era, provavelmente, um caçador ou um limpador, já que as grandes pinças cobertas com espinhos alongados lhe permitiam capturar presas ou explorar o fundo do mar em busca das pequenas criaturas escondidas. Era, no entanto, não muito grande, de cerca de quatro centímetros de comprimento.

Kooteninchela deppi pertence a um grupo de artrópodes chamado Megacheira - literalmente "mãos grandes", em grego - que deu origem aos escorpiões, centopeias, insetos e caranguejos que conhecemos hoje.

"Imagine: o camarão coberto de maionese em seu sanduíche, a aranha que sobe em sua parede, e até mesmo a mosca que bate em seu vidro (...) são todos descendentes de Kooteninchela deppi", disse David Legg.

Mais Meio Ambiente