De "ilícito monstruoso" a obstruir a Lava Jato: o que Palocci contou a Moro

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Justiça Federal do Paraná

    6.set.2017 - O ex-ministro Antonio Palocci presta depoimento ao juiz Sergio Moro na Operação Lava Jato

    6.set.2017 - O ex-ministro Antonio Palocci presta depoimento ao juiz Sergio Moro na Operação Lava Jato

O ex-ministro Antonio Palocci prestou depoimento nesta quarta-feira (6) em que falou sobre diversas práticas ilícitas supostamente cometidas por ele e outros membros do PT, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O político participou de interrogatório no caso em que ele, Lula, o ex-presidente do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht, e outras quatro pessoas são réus em um esquema de corrupção envolvendo oito contratos entre a empreiteira e a Petrobras, que teriam gerado desvios de cerca de R$ 75 milhões e teriam beneficiado o ex-presidente e seu grupo político.

No depoimento, Palocci confirmou a acusação do Ministério Público de que a empreiteira teria comprado um terreno para sediar o Instituto Lula e deu detalhes sobre o relacionamento do PT com a Odebrecht nos governos de Lula e Dilma Rousseff.

O advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, negou que seu cliente tenha cometido qualquer crime e afirmou que as acusações de Palocci foram motivadas pelo interesse do ex-ministro em assinar acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal.

Confira abaixo tudo que o ex-ministro falou no interrogatório desta quarta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos