Topo

Hackers não conseguiram entrar no sistema, diz Senado

Fábio Brandt<br>Do UOL Notícias

Em Brasília

25/06/2011 16h55

Saiba como hackers atacam sites do governo

Os supostos ataques de hackers que deixaram o site do Senado fora do ar na quinta (23) e na sexta-feira (24) não permitiram acesso ao sistema, informou a assessoria de imprensa da Casa ao UOL Notícias neste sábado (25).

Segundo a assessoria, não há registro de invasão ao sistema de computadores do Senado e é normal o site da Casa sair do ar por receber número muito grande de visitas. O mesmo problema, segundo a assessoria, ocorre em épocas em que o Senado fica em evidência, como posse dos senadores.

Os hackers que assumiram os ataques teriam, justamente, provocado a queda do site usando um sistema para gerar múltiplos acessos simultâneos à página. Em redes sociais, o grupo hacker LulzSecBrazil afirmou ser responsável pelo ataque de quinta-feira e o grupo Fatal Error Crew, pelo de sexta-feira.

Semana

Diversos sites de órgão públicos saíram do ar nesta semana após hackers anunciarem ataques. Além do Senado, a Presidência da República e o Ministério dos Esportes ficaram com seus sites fora do ar na quinta-feira.

O ataque foi assumido pelo grupo LulzSecBrazil, braço brasileiro do grupo LulzSec – que atacou o site da CIA recentemente. Teria participado da ação o grupo AnonBrazil, ligado a outro grupo internacional, o Anonymous.

Na madrugada de sexta-feira (24), a página do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ficou fora do ar, exibindo a mensagem “IBGE hackeado”. Neste sábado (25), o sistema da Universidade de Brasília (UnB) foi invadido e as notícias publicadas em seu site foram alteradas.

Mais Política