Brasileiros protestam contra governo em pelo menos seis países

Do UOL, em São Paulo

  • Luciano Máximo/UOL

    15.mar.2015 - Manifestante mostra cartaz em protesto contra o governo brasileiro em Londres, capital da Inglaterra. Na faixa, pede-se intervenção militar no Brasil e a prisão do ex-presidente Lula

    15.mar.2015 - Manifestante mostra cartaz em protesto contra o governo brasileiro em Londres, capital da Inglaterra. Na faixa, pede-se intervenção militar no Brasil e a prisão do ex-presidente Lula

As manifestações contra o governo Dilma, realizadas neste domingo (15), não se restringiram ao Brasil. Brasileiros que vivem ou que passeavam pelo exterior também demostraram sua insatisfação em pelo menos seis países.

Nos Estados Unidos, um grupo de brasileiros se concentrou na Union Square, Nova York. Eles cantaram o Hino Nacional e pediram o impeachment da presidente. Pelas redes sociais, manifestantes disseram que entre 70 e 80 pessoas estiveram na manifestação.  Outro protesto foi realizado em Miami. Foram marcados ainda atos em Boston e em Orlando.

Já no Canadá, ao menos 30 pessoas se reuniram em frente ao Westmount Square --edifício que abriga o consulado brasileiro em Montreal-- para protestar pelo fim da corrupção no país. "Eu fiz este evento por ser solidária ao Brasil", disse Letícia Furtado, organizadora da manifestação, que mora há 20 anos na cidade canadense de Longueil. "E também para que os passantes entendam que o Brasil está mobilizado no dia de hoje", destacou.

O analista financeiro Marcus Conter, há oito anos no Canadá, também compareceu ao ato com um cartaz escrito em inglês "Stop CorruPTion" (Pare a Corrupção). Ele espera que as manifestações façam com que a população fique mais consciente. "E fique em cima dos políticos para fazer as reformas que realmente precisam", disse.

Em Toronto, maior cidade do Canadá, onde moram quase 7.000 brasileiros, também houve protesto. Os manifestantes se reuniram no Queen's Park, a partir das 13h (14h no Brasil), vestidos de verde e amarelo e com cartazes pedindo o impeachment da atual presidenta.

Brasileiros residentes em países europeus também foram às ruas. Em Londres, cerca de 60 pessoas enfrentaram o frio e a chuva para participar da manifestação, em frente à embaixada brasileira, no centro da capital britânica. Quase 700 pessoas tinham confirmado presença pela internet. Eles seguravam bandeiras e cartazes em português e inglês pedindo o fim da corrupção. Em vários momentos, entoavam palavras de ordem contra o governo.

Em Lisboa, cerca de 50 manifestantes se reuniram na praça Luís de Camões. Eles vestem verde e amarelo, seguram bandeiras e até panelas. No Facebook, mais de 3.000 pessoas tinham confirmado presença. Os organizadores também convidaram os brasileiros que vivem em Portugal a pendurarem bandeiras do Brasil nas janelas, como um ato de apoio ao país e ao protesto contra o governo.

Ações de apoio aos protestos que ocorreram por todo o Brasil também foram realizadas em Buenos Aires (Argentina) e em Sidney (Austrália).  (*Com Agência Brasil.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos