Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

Oposição pede investigação sobre hotel onde Lula se hospedou

Flávio Costa

Do UOL, em Brasília

  • Mateus Bonomi/Raw Image

    O hotel Royal Tulip, onde o ex-presidente Lula está hospedado em Brasília

    O hotel Royal Tulip, onde o ex-presidente Lula está hospedado em Brasília

Os líderes da oposição Antonio Imbassahy (PSDB), Pauderney Avelino (DEM), Rubens Bueno (PPS), Genecias Noronha (SD), Jovair Arantes (PTB) e André Moura (PSC) informaram neste sábado que irão protocolar representação junto à Procuradoria da República no Distrito Federal solicitando a abertura de inquérito policial e a decretação de medida cautelar de busca e apreensão de provas no hotel Royal Tulip, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se hospedou em Brasília.

"Nós estamos vendo inúmeras denúncias sobre atitudes não republicanas e capitaneadas pelo ex-presidente que está ofertando cargos do governo e, por conta disso, nós queremos uma investigação".

A reportagem não conseguiu contato com a assessoria de imprensa de Lula. O ex-presidente deixou Brasília no fim da tarde deste sábado e passará a noite em São Paulo.

De acordo com interlocutores de Lula, existe a possibilidade dele participar no domingo (17) do ato contra o impeachment no Vale do Anhangabaú. Essa decisão, no entanto, ainda será tomada pelo ex-presidente.

A representação da oposição traz reportagens publicadas pela imprensa "sobre a oferta a parlamentares de cargos públicos e do pagamento de vantagens indevidas em troca de votos contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff".

Em outro pedido, a oposição pede ainda que se investigue a bloqueios de estradas federais realizados pelo MST (Movimento dos Sem-Terra).

Pedro Ladeira/Folhapress
Manifestantes pró-impeachment e seguranças do ex-presidente Lula brigam em frente ao hotel Royal Tulip

Imbassahy afirma que é preciso investigar a movimentação do ex-presidente Lula.

"Há, pelo visto, um governo paralelo em pleno funcionamento no hotel em que Lula está instalado. Não se pode permitir que eles atuem nas sombras contra o processo de impeachment. Esse vale tudo, do qual estão acostumados, precisa ser barrado", afirmou Imbassahy.

O deputado federal Silvio Costa (PT do B-PE), vice-líder do governo na Câmara, afirmou que os pedidos da oposição mostram seu desespero, por conta da diminuição dos votos pró-impeachment. (Com Estadão Conteúdo)

Oposição dá golpe ou governo esconde a crise?

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos