Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

Brasília, SP e Belo Horizonte têm protesto contra governo Temer

Márcio Neves

Do UOL, em Brasília*

Grupos contrários ao presidente interino Michel Temer promoveram manifestações em ao menos três capitais neste domingo (15).

Em São Paulo, um grupo de manifestantes se reuniu no começo da tarde na avenida Paulista, na altura da praça do Ciclista, e interditaram o trânsito e fizeram um percurso descendo a rua da Consolação até a praça Roosevelt. Em seguida, começaram a subir a rua Augusta e voltaram à avenida Paulista já no início da noite.

Os manifestantes contra o governo Temer pararam em frente à Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e se juntaram a outros militantes anti-PT já acampados no local.

Os manifestantes pediam a saída de Temer e criticaram sua gestão por ter cortado ministérios, não ter mulheres compondo sua equipe e escolhido políticos citados na Operação Lava Jato para compor o governo.

Não há estimativa oficial da Polícia Militar ou da Secretaria de Segurança Pública sobre quantas pessoas participaram do ato, mas organizadores chegaram a estimar 10 mil pessoas.

Ao menos quatro agências bancárias na região da rua Augusta foram pichadas com os dizeres "Fora, Temer", mas não foram depredadas.

Em Brasília, cerca de 200 pessoas protestaram pela manhã em frente ao Palácio do Planalto e aos gritos de "Fora, Temer!" e "Temer golpista",  chegaram a fechar uma das pistas de acesso ao Palácio do Planalto por meia hora.

Em Belo Horizonte, as pessoas contrárias ao presidente interino se reuniram à tarde na praça da Liberdade, acompanhados de carro de som e muitos cartazes. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra que os manifestantes impediram uma equipe da Rede Globo de televisão de acompanhar o ato. Também não há estimativa oficial de quantas pessoas participaram do ato em MG.

Isac Kosminsky/Futura Press/Estadão Conteúdo
Manifestação contra o presidente interino Michel Temer, em Belo Horizonte (MG)

Está previsto também para acontecer um "barulhaço" contra o governo de Michel Temer durante a exibição de sua entrevista  no programa "Fantástico" da TV Globo na noite deste domingo.

Também houve protestos em Lisboa. Brasileiros residentes em Portugal realizaram uma manifestação na capital do país.

Temer assumiu a Presidência interinamente na última quinta-feira (12), após o Senado determinar a abertura do processo de impeachment e afastar a presidente Dilma Rousseff por até 180 dias.

Dilma está em Porto Alegre e deve retornar a Brasília na segunda-feira. À tarde, ela tem reuniões no Palácio do Alvorada. Dilma chegou a Porto Alegre na noite de sexta-feira para passar o fim de semana ao lado da filha, Paula Araújo, e dos netos, Gabriel e Guilherme. Ela não participou de nenhuma agenda política e sua única aparição pública foi no sábado de manhã, quando andou de bicicleta na orla do Guaíba. Na tarde de sábado, um grupo de mulheres fez um protesto em frente à casa de Dilma na capital gaúcha.

(*Com informações de Vinícius Segalla, de São Paulo, e do Estadão Conteúdo)

Brasília: grupo protesta contra Temer em frente ao Planalto

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos