Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

Manifestantes atacam lojas e pontos de ônibus na zona oeste de São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo

    Manifestante ataca concessionária de carros em protesto na zona oeste de São Paulo contra Michel Temer

    Manifestante ataca concessionária de carros em protesto na zona oeste de São Paulo contra Michel Temer

Grupos de manifestantes contra o governo Michel Temer danificaram pontos de ônibus e quebraram vitrines de lojas e concessionárias, na noite desta sexta-feira (2), na zona oeste de São Paulo. 

Os manifestantes se reuniram no começo da noite no Largo da Batata, no bairro de Pinheiros, próximo à avenida Brigadeiro Faria Lima. Por volta das 20h30, pessoas que protestavam tentaram avançar pela avenida, mas foram impedidas por soldados da PM (Polícia Militar).

 

Para contornar o bloqueio, um grupo seguiu pela rua Cardeal Arcoverde até a avenida Eusébio Matoso e começou a quebrar os pontos de ônibus e as vitrines de lojas pelo caminho. Sacos de lixo foram espalhados pelas ruas e incendiados.

Segundo a PM, sete pessoas foram detidas quando atiravam pedras nas lojas. Outro grupo se dirigiu à Marginal Pinheiros e tentou bloquear o tráfego da pista local com sacos de lixo com fogo. A PM conseguiu liberar a pista por volta de 22h. Em seguida, o grupo se dispersou e caminhou em direção ao Terminal de Pinheiros.

Em toda a região do Largo da Batata, policiais foram posicionados nas principais esquinas. O policiamento foi reforçado nas saídas das estações Faria Lima e Pinheiros.

De acordo com a PM, a manifestação na zona oeste de São Paulo terminou por volta de 22h20. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Leia também:

UOL Cursos Online

Todos os cursos