Crivella propõe indenizar turistas que forem assaltados no Rio

Paula Bianchi

Do UOL, no Rio

  • Júlio César Guimarães/UOL

    30.out.2016 - Prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB)

    30.out.2016 - Prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB)

O prefeito eleito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), propôs nesta segunda-feira (5), durante almoço com empresários no Copacabana Pallace, indenizar os turistas que tiverem seus bens roubados ao visitarem a capital fluminense.

"Nós temos que garantir que, se eles forem assaltados, se declararem o celular no aeroporto, nós vamos indenizá-los", afirmou.

De acordo com o senador, fortemente aplaudido após citar a proposta, é preciso investir de forma massiva no turismo, "principal vocação da cidade", e esta seria uma medida transitória a fim de "quebrar a imagem" de violência do Rio.

Crivella não soube definir como a proposta que descreve como uma utopia, seria colocada em prática e aventou a possibilidade de retirar as indenizações de "passagens". "Eu lancei uma ideia. É polêmica e utópica. O turismo é a maior riqueza da nossa terra. Valeria para o turista estrangeiro e o que viesse de outros estados."

O senador disse ainda que prefere "ser o prefeito da crise que o das Olimpíadas". "Morei na África, estou muito mais motivado para enfrentar esse momento, motivar as pessoas", afirmou.

Bispo licenciado da igreja Universal, o senador usou parábolas bíblicas para descrever a atual situação do Estado e do país e disse que o processo de transição tem sido "árduo". Ele atribuiu a essa dificuldade o fato de ainda não ter divulgado os nomes que irão compor o seu futuro secretariado.

"Tenho os nomes no meu coração, mas quero poder mostrar para eles a real imagem desse momento que vivemos", afirmou.

Crivella também criticou a questão na segurança na cidade e se disse o mais "preparado" para convencer as populações das áreas mais pobres da cidade da necessidade de se reforçar o policiamento nas regiões centrais e mais turísticas da capital fluminense.

"Pela liderança que tenho nas áreas mais pobres, tenho condições de mostrar a eles que um turista assaltado é como uma mãe na fila de um hospital, porque ele é um caminho para aplicar recursos nas áreas menos urbanizadas."

O encontro também contou com a presença do vice de Crivella, Fernando Mcdowell, e do ex-candidato a prefeito pelo PSDB e atual aliado do senador, deputado estadual Carlos Osorio. Ambos acompanharam o encontro, organizado pela Lide, do prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), junto à plateia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos