Temer integrava grupo de Cunha na Câmara, diz Marcelo Odebrecht

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

  • Renato Costa-25.fev.2016/Folhapress

    Eduardo Cunha e Michel Temer, ambos do PMDB

    Eduardo Cunha e Michel Temer, ambos do PMDB

Em depoimento à Justiça Federal nesta terça-feira (4), o ex-presidente da Odebrecht e delator Marcelo Odebrecht afirmou ter conhecimento de que o presidente Michel Temer (PMDB) fazia parte do grupo de aliados mais próximos dos ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Cunha e Alves são ex-deputados hoje investigados por fraudes na liberação de empréstimos do fundo de financiamento do FGTS, o FI-FGTS.

Marcelo foi ouvido em audiência como testemunha, convocado pela defesa do corretor Lúcio Funaro, na ação que acusa Cunha e Alves por um esquema de corrupção na gestão do fundo estatal.

"Cláudio [Melo Filho] dizia pra mim que Michel Temer fazia parte desse grupo", disse Marcelo, respondendo à pergunta de procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes sobre se o ex-executivo tinha conhecimento de quem integrava o grupo de Cunha e Eduardo Alves na Câmara.

Segundo Marcelo, ele obteve essa informação do ex-executivo Cláudio Melo Filho, responsável pelas relações da empreiteira com o mundo político de Brasília.

A denúncia contra Cunha e Alves teve como base as investigações da Operação Sepsis. Segundo o MPF (Ministério Público Federal), entre os anos de 2011 e 2015, o então deputado Eduardo Cunha atuou em um esquema de cobrança de propina a empresas beneficiadas pela Caixa Econômica Federal e ao FI-FGTS.

O esquema teria contado com a participação de Fábio Cleto, ex-vice-presidente de Loterias da Caixa Econômica Federal que posteriormente assinou um acordo de delação premiada.

Além de deputado constituinte, Temer exerceu ainda outros cinco mandatos na Câmara dos Deputados entre 1993 e 2011.

No início de junho, a Justiça Federal expediu ordens de prisão contra Cunha e Alves com base nas investigações sobre o FI-FGTS.

Eduardo Cunha tem negado o envolvimento em qualquer prática ilegal. A reportagem do UOL não conseguiu entrar em contato com a defesa de Henrique Alves. Em nota, o Palácio do Planalto disse que "o presidente Michel Temer é do PMDB, assim como Eduardo Cunha. Pertencem ao mesmo grupo (partido) político."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos