PUBLICIDADE
Topo

Política

De olho em 2018, Alckmin amplia tour pelo Brasil e faz viagem de dois dias ao Sul

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aguarda embarque em avião em foto divulgada na sua rede social - Reprodução/Facebook/Geraldo Alckmin
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), aguarda embarque em avião em foto divulgada na sua rede social Imagem: Reprodução/Facebook/Geraldo Alckmin

Venceslau Borlina Filho

Do UOL, em São Paulo

29/09/2017 17h54

Em mais um passo de olho nas eleições do próximo ano, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), parte nesta sexta-feira (29) para uma viagem de dois dias à região Sul do país.

Na disputa com o ex-afilhado político João Doria (PSDB) pela candidatura do partido à Presidência da República, Alckmin também tem recorrido às viagens pelo país para agendas políticas e partidárias.

No entanto, tem dito que opta por fazê-las fora do horário normal de expediente ou aos finais de semana, ao contrário de Doria, cujas viagens viraram alvo de apuração do Ministério Público.

Em um dos episódios, Alckmin divulgou uma foto em suas redes sociais na fila de embarque de um avião comercial no aeroporto de Congonhas, ao contrário de Doria, que diz viajar em jato particular.

O governador viajou no último dia 12 para Brasília para encontros com representantes do agronegócio --um dos setores onde o tucano se apoia para viabilizar sua candidatura em 2018.

Já no dia 18, Alckmin embarcou rumo a Belo Horizonte, onde se encontrou com empresários e lideranças tucanas no Estado. Uma semana depois foi a vez de Doria viajar à cidade para encontros.

Agenda

Em Curitiba, Alckmin será homenageado nesta sexta pela Associação Comercial do Paraná e participará nesta sábado (30) do “Mutirão da Cidadania” com o governador Beto Richa (PSDB) e o prefeito Rafael Greca (PMN).

Já em Florianópolis, o governador paulista participa também no sábado de uma reunião-almoço com lideranças políticas e empresariais de Santa Catarina. Seu retorno para São Paulo está previsto para domingo (1º).

De acordo com fonte do partido, o governador paulista tem viagens agendadas até março de 2018. "A gente tenta com muita luta fazer com que ele viaje mais, mas ele tem resistência e diz que só pode fazê-las em horários e dias alternativos", afirmou.

Política