Câmara dos Deputados tem princípio de incêndio; plenário e salão verde são interditados

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

  • Reprodução

A Câmara dos Deputados, em Brasília, teve um princípio de incêndio causado por curto-circuito por volta das 6h30 desta quinta-feira (25), segundo a assessoria da Casa. O plenário – onde ficam os deputados durante sessões – e o salão verde – principal área comum da local – estão interditados.

Outras áreas, como o comitê de imprensa, onde trabalham os repórteres que cobrem o dia a dia da Câmara e dos deputados, também tiveram de ser interditadas. Ninguém ficou ferido.

Segundo a assessoria da Câmara com base em uma perícia inicial do Corpo de Bombeiros, o princípio de incêndio começou após um curto-circuito em uma das luminárias do teto do plenário. Fragmentos incandescentes do objeto teriam então caído em cima das poltronas, de espuma, onde se sentam os deputados. Quatro delas foram queimadas.

O princípio de incêndio foi identificado por um plantonista do departamento técnico da Câmara. Ele acionou a brigada de incêndio do local, que apagou o fogo em cinco minutos, segundo a assessoria.

Ainda de acordo com a assessoria, "tudo está sob controle" e uma nova perícia será feita pela Polícia Civil do Distrito Federal nesta quinta, como determina o procedimento nessas ocasiões.

Suspeita de bomba na Esplanada

A Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) informou na manhã desta quinta-feira, 25, que isolou uma área próxima à Esplanada dos Ministérios, na capital federal, por suspeita de bomba.

Segundo a assessoria de imprensa PM-DF, o Esquadrão de Bombas foi acionado por volta das 8 horas e encontrou no local artefato de 10 cilindros plásticos ligados por fios. Policiais estão no local analisando o material para confirmar se é bomba ou não.

O local isolado fica entre o Museu Nacional e a Biblioteca Nacional. A área fica no início da Esplanada dos Ministérios, a cerca de 2 quilômetros da Praça dos Três Poderes, onde estão localizado as sedes do Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal. (Com informações do Estadão Conteúdo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos