PUBLICIDADE
Topo

Política

Após exames "normais", hospital de SP confirma cirurgia de Bolsonaro amanhã

O presidente Bolsonaro gravou um vídeo dentro do hospital neste domingo, véspera da cirurgia - Reprodução
O presidente Bolsonaro gravou um vídeo dentro do hospital neste domingo, véspera da cirurgia Imagem: Reprodução

Do UOL, em Brasília

27/01/2019 17h26Atualizada em 27/01/2019 19h32

Internado desde a manhã deste domingo (27) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro passou por exames que apresentaram "resultados normais". Com isso, a cirurgia de retirada da bolsa de colostomia foi confirmada para segunda-feira (28).

A informação consta de boletim médico divulgado às 17h pela equipe médica que cuida do presidente, chefiada pelo cirurgião Antônio Luiz Macedo. Também assinam o comunicado o clínico e cardiologista Leandro Echenique e o diretor superintendente do hospital, Miguel Cendoroglo.

"O Excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, foi submetido a avaliação clínica pré-operatória e exames laboratoriais e de imagem, com resultados normais. A cirurgia de reconstrução do trânsito intestinal está confirmada para amanhã", informa o boletim.

Presidente "animado" com a cirurgia

O comunicado foi lido no hospital pelo porta-voz da Presidência da República, general Otávio do Rêgo Barros, que contou ter acabado de se encontrar com Bolsonaro.

"[Ele] está muito animado, está feliz pelos resultados do exame, e amanhã, com toda a certeza, o êxito na cirurgia fará com que ele possa desencadear as suas atividades de presidente da República da melhor forma possível em nome do nosso país, em nome da nossa sociedade", declarou.

Ele confirmou ainda que a operação vai ocorrer na parte da manhã, como já estava previsto, mas disse que o horário exato não foi definido. Na sexta-feira (25), ele havia afirmado que o presidente "desceria" para a sala de cirurgia por volta das 6h.

Ainda de acordo com Rêgo Barros, assim que o resultado da cirurgia for comunicado pelos médicos a ele e à família, as informações serão repassadas à imprensa.

Os três médicos que assinaram o laudo deste domingo vão participar da cirurgia, acompanhados de médicos da Presidência da República, disse. 

Ida a Brumadinho foi "esforço pessoal"

Sobre os efeitos da viagem realizada na manhã deste sábado (26) até a região afetada pelo rompimento da barragem de rejeitos de minério da Vale em Brumadinho (MG), o porta-voz disse que Bolsonaro "superou isso de uma forma muito positiva".

"Ele sabia que estaria a ponto de se fatigar. No entanto, ele traz na sua raiz a percepção de que é importante que o comandante, que o líder esteja na frente de combate a liderar os seus comandados. Então ele foi lá, demonstrou esse esforço pessoal de participar desse primeiro evento imediatamente após a crise. Retornou cansado, sim, mas pronto para enfrentar com serenidade e crença em Deus a cirurgia que está por vir", declarou.

Jogo do Palmeiras

O porta-voz disse que Bolsonaro "está muito tranquilo, esperando o jogo do Palmeiras." O time de coração de Bolsonaro em São Paulo, seu estado natal, joga às 19h contra o São Caetano, pelo Campeonato Paulista.

Rêgo Barros se despediu pedindo a oração de todos para que "o nosso presidente vença esse desafio e que, muito em breve, esteja no exercício pleno da sua função junto a nossa sociedade e ao nosso país".

Política