Topo

Eduardo Bolsonaro diz que foi pego de "surpresa" com indicação a embaixador

Do UOL, em São Paulo

16/08/2019 20h28

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) afirmou em entrevista exibida hoje pelo Jornal do SBT que foi pego de "surpresa" com sua indicação para embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Disse ainda que a sugestão de seu nome foi dada pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e não por seu pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL).

"O Jair não conversava comigo sobre esperar eu fazer 35 anos para me indicar. De certa forma, fui pego de surpresa", declarou o deputado federal. A possibilidade da indicação de Eduardo foi confirmada por Bolsonaro exatamente na semana em que o filho completou 35 anos. Essa é a idade mínima exigida pelo Itamaraty para alguém assumir o cargo de embaixador.

Eduardo também contou como surgiu a ideia de indicar seu nome para o cargo:..

"Até onde eu sei, essa ideia partiu do chanceler Ernesto Araújo, mas só tive ciência quando meu nome foi ventilado nos jornais com essa possibilidade. Não era uma questão que eu considerava real na minha vida", disse.

O deputado ainda afirmou qual seria sua primeira medida ao assumir a embaixada: "acredito que um grande objetivo seria traçar um acordo comercial entre Brasil e Estados Unidos, dar o pontapé inicial nos moldes que aconteceu com a União Europeia".

Além disso, afirmou que não irá desistir se, em uma primeira tentativa, não tiver votos suficientes no Senado para ser aprovado como embaixador. A indicação precisa ser avalizada pela Casa para se confirmar.

"Tem um ditado que diz: 'eu prefiro as lágrimas da derrota do que a vergonha de não ter lutado'. Acredito que eu tenho potencial para assumir esse cargo".

Mais Política