PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

O breve voto do Celso de Mello durou mais de duas horas e virou meme na web

Reprodução
Imagem: Reprodução

Gustavo Frank

Do UOL, em São Paulo

07/11/2019 19h22Atualizada em 07/11/2019 20h22

Conhecido por seus votos longos e aprofundados, o ministro Celso de Mello não surpreendeu ao preparar seu voto com 76 páginas para o julgamento sobre a condenação em segunda instância.

Passou meia hora. Passou uma hora. Passaram-se duas horas e ele estava lá: defendendo seus argumentos como ninguém — que acabaram por empatar o placar por 5 a 5, deixando o desempate para o ministro Dias Toffoli.

Essa foi a sensação:

Enquanto isso, os cangurus já comemoravam a chegada de 2020:

O famoso: que ano é hoje?

É nota 1.000 na redação do Enem que você quer?

O segredo é investir nas cenas pós créditos:

E você reclamando dos áudios de 5 minutos da sua mãe:

Podemos ouvir um amém?

O desafio para a regra de três foi lançado:

Não há amor entre o Jack e a Rose que aguente:

Mas no final das contas, a preocupação era essa:

Política