Topo

Presidente eleito da Argentina comemora decisão do STF: "Lula livre amanhã"

27.out.2019 - Em outubro, o então candidato Alberto Fernández publicou foto pedindo Lula livre - Reprodução/Twitter
27.out.2019 - Em outubro, o então candidato Alberto Fernández publicou foto pedindo Lula livre Imagem: Reprodução/Twitter

Bernardo Barbosa

Do UOL, em São Paulo

07/11/2019 22h43

O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, comemorou hoje a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de só permitir a execução da pena após o esgotamento dos recursos e publicou uma hashtag alusiva à soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"#LulaLivreAmanhã!", postou Fernández no Twitter, em português.

O futuro presidente argentino, que assume o cargo no dia 10 de dezembro, escreveu que "há anos" se pede na Argentina que as condenações à prisão só sejam executadas "uma vez que estejam firmes".

Fernández já manifestou em outras ocasiões seu apoio a Lula e sua libertação, e chegou a visitar o ex-presidente na prisão, em Curitiba, no mês de julho. Ele tem como vice a ex-presidente argentina Cristina Kirchner, que foi aliada dos governos de Lula e Dilma Rousseff.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou publicamente a eleição de Fernández, um político de esquerda. Bolsonaro não parabenizou Fernández pela vitória, nem comparecerá à posse dele, quebrando uma tradição de 17 anos.

A defesa de Lula informou que vai pedir à Justiça a soltura imediata do ex-presidente já nesta sexta-feira (8).

Política