PUBLICIDADE
Topo

Eduardo Bolsonaro diz que culpa de pandemia do coronavírus é da China

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

18/03/2020 12h22

O deputado federal Eduardo Bolsonaro escreveu uma mensagem no Twitter responsabilizando o governo chinês pela pandemia do novo coronavírus.

Fazendo uma analogia com o vazamento da usina nuclear soviética de Chernobyl na década de 1980, o parlamentar e filho do presidente Jair Bolsonaro alegou que a China preferiu "esconder algo grave" a se expor "tendo um desgaste que salvaria inúmeras vidas"

"Quem assistiu Chernobyl vai entender o que ocorreu. Substitua a usina nuclear pelo coronavírus e a ditadura soviética pela chinesa. Mais uma vez uma ditadura preferiu esconder algo grave a expor tendo desgaste, mas que salvaria inúmeras vidas", disse.

Eduardo Bolsonaro finalizou a sua opinião, manifestada em um retuíte com a cronologia da doença e atitudes do país, dizendo que "a culpa é da China e liberdade seria a solução".

Primeiro país a detectar a circulação do novo coronavírus, a China tem agora 80.900 casos registrados, com o total de 3.237 mortes, sendo 11 nas últimas 24 horas.

Porém, o contágio foi reduzido drasticamente nas últimas semanas em comparação a meados de fevereiro, quando surgiam milhares de novos infectados a cada dia. Hoje, pelo segundo dia consecutivo, foi detectado apenas um caso de transmissão local.

Coronavírus