PUBLICIDADE
Topo

E. Bolsonaro usa notícia pré-pandemia para exaltar Itália contra isolamento

Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) - Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Do UOL, em São Paulo

25/03/2020 19h57

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), divulgou nesta noite uma notícia a respeito de mudanças de estratégias adotadas pelo governo da Itália contra o coronavírus. Ele afirma que o país, que está em quarentena, mudou a estratégia. No entanto, o texto é do dia 28 de fevereiro.

"De olho na economia Itália muda estratégia contra o alarmismo", afirmou o parlamentar em seu perfil do Twitter.

No link fornecido pelo deputado, o texto inclui uma atualização afirmando de tratar de uma notícia desatualizada: "Esta reportagem foi publicada em 28 de fevereiro, quando a Itália registrava 17 mortes por coronavírus. Desde então, o país mudou drasticamente a política para endurecer o isolamento e tentar estancar as milhares de mortes que colapsam o sistema de saúde."

A notícia trata de medidas então contestadas pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte, como fechamento de escolas e isolamento em determinadas regiões do país.

A Itália, hoje, é o país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, com 6.820 óbitos em função da covid-19. São 69.176 casos confirmados no país, segundo dados divulgados pela OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta tarde.

O número de mortes já é mais que o dobro da China (3.287 óbitos), primeiro país a apresentar casos de coronavírus. Atualmente, a Itália enfrenta problemas com a quantidade de óbitos, sobrecarga nos sistemas de saúde e quarentena compulsória para a população em todo o país.

Coronavírus