PUBLICIDADE
Topo

Governadores cobram mais apoio financeiro do Governo Federal

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 13h47

Os governadores que participaram do UOL Debate de hoje pediram mais apoio financeiro por parte do governo federal no enfrentamento à crise do coronavírus.

"Já tem gente passando fome há 15 dias", afirmou o Mauro Mendes (DEM), que governa o Mato Grosso. Quase todos os estados brasileiros adotaram medidas de quarentena e apenas serviços essenciais funcionam com normalidade, afetando a economia.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), possui a mesma opinião "Quem tem que fazer frente à crise é o governo federal, nós estados não podemos fazer. Toda a coordenação é por parte do governo federal".

Os políticos explicaram que os estados não podem abrir mão de receita em um momento de crise sanitária e terão que renegociar as dívidas já existentes com o governo federal.

Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul, cobrou medidas econômicas para manter emprego e renda. "Resgato aqui que as medidas feitas pelo governo [para ajudar os estados] ainda são insuficientes para suprir a queda de receitas para que possamos tomar medidas de estímulos econômicos", disse.

Coronavírus