PUBLICIDADE
Topo

Senador Major Olimpio protocola pedido de impeachment contra Doria

João Doria, governador de São Paulo (PSDB) - Rodrigo Paiva/Getty Images
João Doria, governador de São Paulo (PSDB) Imagem: Rodrigo Paiva/Getty Images

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

03/04/2020 18h51

O senador Major Olímpio (PSL-SP) protocolou na tarde de hoje dois pedidos de impeachment contra o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O primeiro foi apresentado ao presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, por Crime de Responsabilidade com processo de Impeachment; e o segundo, junto ao Procurador Geral de Justiça do Estado de São Paulo, Gianpaolo Smanio, por ato de Improbidade Administrativa.

Olimpio alega que Doria cometeu desvio de finalidade e abuso do poder ao utilizar helicóptero de uso policial para fins pessoais. Ele também aponta que o governador cometeu crime de responsabilidade ao determinar o bloqueio da rua onde mora para impedir o acesso e possíveis protestos.

"Com este ato, João Doria, não só praticou ato de abuso, com desvio de finalidade, contra o interesse público e de forma imoral, pois desviou dezenas de policiais para o seu capricho pessoal, mas também violentou a população local, impedindo a livre circulação sem nenhuma determinação judicial", diz ele.

O UOL entrou em contato com a assessoria do governo do estado, que, por sua vez, repassou o contato à assessoria do PSDB.

Em nota, o presidente do partido em São Paulo, Marco Vinholi, acusou Olimpio de tentar, "de maneira oportunista", criar fatos políticos que o destaquem.

"As denúncias apresentadas por ele contra o governador João Doria são, além de descabidas, evidências de seu desrespeito com os paulistas que vivem hoje a maior crise da história recente da humanidade. Melhor seria se gastasse seu tempo procurando soluções aos problemas sociais, de saúde e econômicos da população que tentando aumentar os likes nas redes sociais. O PSDB de São Paulo tem total confiança nas ações do governador João Doria e está focado, neste momento, em ajudar São Paulo a ultrapassar essa crise", pontuou.

Briga é antiga

Em março, Doria e Olimpio já haviam trocado ofensas e quase se agrediram fisicamente durante um evento na capital paulista. A discussão acabou com o senador sendo retirado do local pela segurança do governador.

"Fujão, fujão. Você não tem respeito", gritou Major Olímpio. (Assista ao vídeo abaixo)

As imagens postadas nas redes sociais mostram o senador tentando se aproximar de Doria na entrada do prédio. Ambos trocaram ofensas e precisaram ser contidos. Neste momento, Major Olímpio foi retirado do prédio e chegou a discutir com seguranças do governador.

Política