PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro fura agenda e não comparece a dois compromissos seguidos

Presidente Jair Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada - ADRIANO MACHADO
Presidente Jair Bolsonaro na saída do Palácio da Alvorada Imagem: ADRIANO MACHADO

Hanrrikson de Andrade

Do UOL, em Brasília

07/04/2020 12h39

Acostumado a pautar o noticiário todas as manhãs com declarações e discursos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) optou pelo silêncio na manhã de hoje. O mandatário não parou para falar com os jornalistas na saída do Palácio da Alvorada e também não compareceu a duas agendas que estavam previstas, em sequência, no Palácio do Planalto.

Os dois compromissos foram retirados de sua agenda pública no fim da manhã. A única reunião que estava prevista para hoje e que foi mantida é com o ministro da Casa Civil, Walter de Souza Braga Netto, às 15 horas.

Oficialmente, a Presidência não esclareceu o motivo da ausência de Bolsonaro.

Nos últimos dias, ele tem acumulado desgaste em relação à opinião pública devido aos atritos com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM). Bolsonaro chegou inclusive a cogitar a demissão do chefe da pasta, mas recuou diante da repercussão negativa em meio à pandemia do coronavírus.

O presidente e Mandetta têm divergências, expostas publicamente, acerca das ações de enfrentamento ao coronavírus. O ministro diz que se pauta pela ciência e defende o isolamento social como forma de prevenção. Já Bolsonaro alega que a reclusão e interrupção da rotina em estados e municípios são devastadoras para a economia e incentiva o retorno à normalidade.

Política