PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Em reunião com deputados, Mandetta diz que sairá da pasta em breve

ADRIANO MACHADO
Imagem: ADRIANO MACHADO

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

15/04/2020 17h18

Em reunião com deputados da comissão que acompanha a crise do coronavírus, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, relatou que deve ficar no cargo por pouco tempo. Ele contou aos parlamentares que entende que já há decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para demití-lo.

Mandetta também relatou que ele e o secretário João Gabbardo não aceitaram o pedido de demissão de Wanderson.

A informação foi confirmada ao UOL por parlamentares que participaram da reunião. Hoje, um dos principais nomes da pasta chegou a pedir demissão do cargo, o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira.

A fala foi feita pelo ministro no início da reunião. O encontro já estava marcado com o grupo para fazer um balanço das medidas que foram adotadas diante da crise.

"Ele disse que acha que já há decisão de substituí-lo e que ele vai continuar trabalhando e disponível para ajuda a próxima gestão", deputado Hiran Gonçalves (PP-RR).

O deputado disse que, politicamente, ficou insustentável a situação do ministro após a entrevista que deu ao Fantástico, da TV Globo.

A tensão entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Mandetta se acirrou nos últimos dias. Desde o início da crise eles compartilham visões antagônicas sobre as medidas para enfrentar o novo coronavírus. O presidente já ameaçou demitir Mandetta, mas ainda busca um nome para substituí-lo.

"Ele fez uma fala em videoconferência para todos os parlamentares da Comissão e deixou claro que está de saída. Só não sabe a data e quem é o sucessor. Os parlamentares todos estão fazendo falas de despedida no vídeo", relatou ao UOL um parlamentar que está no encontro.

Participam da reunião, entre outros deputados, Adriana Ventura (Novo-SP), Alexandre Padilha (PT-SP), Carmen Zanotto (Cidadania-SC), Hiran Gonçalves (PP-RR), Jorge Solla (PT-BA), Paula Belmonte (Cidadania-DF), Dr. Luiz Antonio Teixeira (PSD-RJ). Parte dos parlamentares participou por videoconferência.

A reunião estava marcada para fazer um panorama das ações que foram adotadas como projetos e propostas para saúde.

Coronavírus