PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Presidente do PDT anuncia que partido pedirá impeachment de Bolsonaro

Bolsonaro discursou no domingo (19) em manifestação que pedia novo AI-5 contra STF e Congresso - Reprodução/Facebook/@jairmessiasbolsonaro
Bolsonaro discursou no domingo (19) em manifestação que pedia novo AI-5 contra STF e Congresso Imagem: Reprodução/Facebook/@jairmessiasbolsonaro

Do UOL, em São Paulo

22/04/2020 17h01

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou hoje que o partido vai pedir o impeachment do presidente Jair Bolsonaro na Câmara. O líder partidário afirmou que o pedido será feito "diante da irresponsabilidade" de Bolsonaro durante a pandemia do novo coronavírus.

"Diante da irresponsabilidade do presidente em meio à pandemia, estimulando indiretamente a contaminação de milhares de pessoas, e dos seus ataques constantes ao Congresso, Judiciário e à imprensa livre, o PDT entrará ainda hoje com um pedido de impeachment na Câmara", escreveu Lupi no Twitter.

O dirigente do PDT ainda disse que o pedido " traz diferentes argumentos que expõem as ameaças à democracia feitas pelo atual presidente" que "caberá à Câmara dos Deputados analisar e votar ou não".

Candidato derrotado do PDT à presidência nas eleições de 2018, Ciro Gomes também se manifestou sobre o pedido de impeachment que será feito pelo seu partido. O ex-ministro e ex-governador do Ceará disse que a representação se dará por "crimes de responsabilidade contra a saúde do povo e contra o regular funcionamento das instituições democráticas e a federação".

"Chega de notinha de repúdio! Temos que confrontar, qualquer que seja a dificuldade política ou ameaças, a conduta criminosa de Bolsonaro. Compartilhem ao máximo para que todos os brasileiros e brasileiras saibam que existe resistência democrática contra esse governo genocida e corrupto", escreveu Ciro no Twitter.

Coronavírus