PUBLICIDADE
Topo

Política

Esse conteúdo é antigo

Nomeado para Justiça, Mendonça diz ter compromisso com 'trabalho técnico'

Do UOL, em São Paulo

28/04/2020 08h48

O advogado André Luiz de Almeida Mendonça, escolhido para chefiar o ministério da Justiça e Segurança Pública, agradeceu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pela nomeação e disse ter compromisso com o trabalho técnico.

"Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro por confiar a mim a missão de conduzir as políticas públicas de Justiça e Segurança do nosso país. Meu compromisso é continuar desenvolvendo o trabalho técnico que tem pautado minha vida. Conto com o apoio do povo brasileiro! Que Deus nos abençoe!", escreveu Mendonça no Twitter.

Ele substitui Sergio Moro, que pediu demissão na última sexta-feira (24) e declarou que deixava o cargo após Bolsonaro ter exonerado o diretor-geral da PF Maurício Leite Valeixo. O ex-juiz federal acusou o presidente de interferir politicamente no órgão, o que gerou uma crise política no governo. O mandatário negou ingerência.

Mendonça comandava a AGU (Advocacia Geral da União) antes da nomeação para a Justiça e ganhou destaque no noticiário em meados do ano passado, depois que Bolsonaro cogitou a indicação de seu nome ao STF (Supremo Tribunal Federal). O presidente disse que ele se encaixava na definição "terrivelmente evangélico".

Política