PUBLICIDADE
Topo

"Minoria barulhenta" espera por pagamento de auxílio, diz Bolsonaro

Do UOL, em São Paulo

08/05/2020 10h48

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, em live transmitida na noite de ontem em seu Facebook, que uma "minoria barulhenta" da população espera pelo pagamento do auxílio emergencial de R$ 600.

Ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, Bolsonaro considerou que "uns realmente têm razão, outros se equivocaram e outros não têm direito" ao pagamento do governo, ação decorrente da pandemia do coronavírus.

Minutos depois, Guimarães confirmou que o banco iria receber hoje o montante para pagar entre 6 e 8 milhões de cadastrados. O dinheiro, segundo ele, cairá na conta dos beneficiados no início da próxima semana.

Ontem, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, ressaltou que todos que se enquadrarem nos requisitos da Caixa vão ter o dinheiro disponibilizado em até três parcelas.

A primeira parte dos pagamentos, segundo Onyx, será concluída até o início da próxima semana.

Política