PUBLICIDADE
Topo

Witzel nomeia secretário exonerado da Saúde para outro cargo no governo

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel - Agência Brasil
O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel Imagem: Agência Brasil

Do UOL, em São Paulo

18/05/2020 17h56

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), nomeou o ex-secretário estadual da Saúde Edmar Santos como secretário extraordinário de "Acompanhamento das Ações Governamentais Integradas da Covid-19" na mesma edição extra do Diário Oficial em que o exonerou de seu cargo anterior e oficializou o médico Fernando Ferry como substituto da pasta.

A saída de Santos do comando da Secretaria da Saúde só foi publicada hoje, mas tinha sido anunciada ontem e aconteceu em meio a denúncias de fraudes na compra de respiradores durante a crise da pandemia do novo coronavírus no RJ.

O número dois da Saúde no estado, o ex-subsecretário estadual de Saúde Gabriell Neves, e outras três pessoas foram presas no início do mês. Na última semana, a Polícia Federal deflagrou a operação Favorito, que prendeu mais suspeitos de fraudarem licitações da Saúde.

Nomeação de Edmar Santos no Rio - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Mas a justificativa oficial para a saída de Santos foi de "falhas na gestão de infraestrutura dos hospitais de campanha para atender as vítimas da covid-19". Agora, no entanto, ele vai atuar em uma função de acompanhamento justamente no combate a essa crise.

Coronavírus