PUBLICIDADE
Topo

Política

Polícia investiga show com aglomeração em fazenda de deputado federal de SE

Valdevan Noventa (à dir.) discursa sem máscara ao lado do sobrinho, vice-prefeito de Arauá (SE) - Reprodução
Valdevan Noventa (à dir.) discursa sem máscara ao lado do sobrinho, vice-prefeito de Arauá (SE) Imagem: Reprodução

Abinoan Santiago

Colaboração para o UOL, em Ponta Grossa (PR)

21/06/2020 21h49

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Sergipe determinou que a Polícia Civil apure uma festa com show realizada ontem na fazenda do deputado federal Valdevan Noventa (PSC-SE). Um vídeo que circula nas redes sociais, segundo a secretaria, mostra "grande aglomeração de pessoas, descumprindo o que determina decreto governamental para evitar o aumento dos casos da covid-19 em Sergipe".

O estado tem 18.985 casos da doença e 462 mortes. A fazenda do deputado fica em Arauá, a 103 quilômetros de Aracaju. A cidade tem 23 casos confirmados e quatro mortes decorrentes da covid-19.

No vídeo é possível ver um cantor se apresentando em um palco e, na plateia, aparecem pessoas sentadas e em pé, próximas umas das outras, e sem usar máscaras. O deputado, que celebrava aniversário no dia do evento, aparece ao fim em cima do palco e discursa, também sem máscara.

O vice-prefeito de Arauá e sobrinho do parlamentar, Rafael Noventa (PSC), comentou que o show era em homenagem ao tio.

"Parabenizar meu tio por mais um ano de vida, pois graças a Deus passamos todos os anos juntos. Quis fazer essa 'live' justamente no aniversário dele para não passar em branco porque a gente sabe que todos os anos fazemos uma grande festa e este ano fizemos uma coisa muito menor", comentou o político, também sem máscara. Ele complementou que todos estavam com o item na festa.

Polícia investiga responsável pela festa

De acordo com a SSP, o caso é investigado pela Coordenadoria de Delegacias do Interior. A intenção é saber quem seria o responsável pela festa.

"Claramente, há a prática de alguns crimes previstos no Código Penal e que têm sido utilizados por autoridades policiais para responsabilizar pessoas nesse período da quarentena e de normas definidas pelo Poder Público, a exemplo do crime de desobediência e contra a saúde pública", confirmou a SSP, em nota ao UOL.

O que diz o deputado federal

Por meio de sua assessoria de imprensa, o deputado federal Valdevan Noventa afirmou que "não tem nenhuma responsabilidade à mencionada live" e disse que apenas cedeu "gratuitamente, uma área de sua fazenda para a realização da mesma".

Apesar de as imagens mostrarem o público sem itens de proteção, o parlamentar afirmou que "foram exigidos que as pessoas presentes estivessem portando álcool em gel e usando máscaras".

Sobre o discurso no palco sem a máscara, a assessoria afirmou que Valdevan Noventa retirou-a somente naquele momento para poder falar.

O que diz a Prefeitura de Arauá (SE)

A Prefeitura de Arauá (SE) negou omissão na fiscalização e disse "que todas as medidas as quais estavam ao alcance dos poderes normativos que regem a administração pública foram tomadas".

O poder executivo ainda afirmou que não recebeu pedido para realização de um evento aberto ao público na fazenda do deputado.

"O município repudia toda e qualquer ação contrária às determinações da OMS [Organização Mundial da Saúde], afinal, tais condutas vão de encontro a todo o trabalho que vem sendo realizado no combate ao contágio e disseminação do covid-19", apontou a prefeitura, acrescentando que a interrupção da festa seria responsabilidade das polícias, "pois se tratava de flagrante delito".

Política