PUBLICIDADE
Topo

Fora da agenda, Bolsonaro vai a Araguari sem máscara e causa aglomeração

Luciana Amaral*

Do UOL, em Brasília

27/06/2020 11h00Atualizada em 27/06/2020 17h06

Fora da agenda oficial até o momento, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) viajou para Araguari, em Minas Gerais, na manhã deste sábado (27), e, sem usar máscara no rosto, causou aglomeração na beira de uma estrada. Acompanhado dos ministros da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e da Defesa, Fernando Azevedo, visitou o Batalhão Ferroviário da cidade, onde fica o Centro de Instrução de Engenharia do Exército.

Em vez de usar a máscara cobrindo nariz e boca, como recomendado para se evitar a propagação do coronavírus, ele a carregava nas mãos, segundo transmissão em seu perfil em uma rede social. A máscara encostou em sua roupa e em outras pessoas que cumprimentava.

O Batalhão Ferroviário de Araguari assumirá as obras de um trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste na Bahia, junto com as empresas que já operam a ferrovia.

Na cidade, Bolsonaro ficou no acostamento de uma estrada acenando para motoristas e apoiadores do outro lado da via. Ele tirou fotos com crianças, chegando a pegar algumas no colo, e uma senhora.

Diversos apoiadores no local também estavam sem máscara e, por causa da presença de Bolsonaro, formou-se uma aglomeração.

Nesta semana, um juiz federal determinou que Bolsonaro use máscara de proteção no Distrito Federal, sob pena de multa diária de R$ 2 mil. A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu da decisão. O uso do equipamento de proteção também é obrigatório em estabelecimentos comerciais em todo o Estado de Minas Gerais desde abril.

A viagem faz parte da tentativa do governo de emplacar uma agenda positiva para a economia do país diante do avanço da pandemia do novo coronavírus. Nesta sexta-feira (26), o presidente, ministros e parlamentares aliados do governo participaram da inauguração da Transposição do Rio São Francisco, no Ceará.

A assessoria da Presidência informou que Bolsonaro chegou ao Palácio da Alvorada, em Brasília, por volta das 16h45.

Evento militar e ato pela manhã

Após cumprimentar apoiadores numa rodovia, ele foi a um evento militar na cidade mineira. Novamente, cumprimentou apoiadores sem máscara no rosto. Pela transmissão na rede social, em determinado momento, o objeto de proteção também não estava mais em suas mãos.

Segundo publicações no Twitter, o presidente pousou de helicóptero na base da Polícia Rodoviária Federal na altura do km 43 da BR-050, que liga Brasília a Santos. Procurada pelo UOL, a Presidência confirmou que Bolsonaro estava em Araguari, mas não deu mais detalhes de sua agenda.

Ele saiu do Palácio da Alvorada antes das 8h30 afirmando que tinha uma "missão".

Pela manhã, um grupo de cerca de 15 pessoas fez um ato contra o presidente Bolsonaro no gramado da Esplanada dos Ministérios, na capital federal. Os manifestantes estenderam tecidos brancos formando o escrito "impeachment já". Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, o ato foi pacífico.

*Com agências de notícias

Política