PUBLICIDADE
Topo

Políticos e partidos comentam Bolsonaro com coronavírus; veja repercussão

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

07/07/2020 12h57Atualizada em 07/07/2020 14h35

Políticos e partidos comentaram o anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que afirmou ter contraído a covid-19.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou hoje que deseja "pronta recuperação" ao presidente e que ele "sigas as orientações da medicina".

O PSDB foi na mesma linha de Doria e disse que deseja boa recuperação do presidente, "seguindo a orientação dos médicos".

Em nota, o MDB disse que "ninguém pode menosprezar o vírus". "O teste positivo de covid-19 para Jair Bolsonaro
mostra que ninguém pode menosprezar o vírus", afirmou o partido.

Ex-aliada de Bolsonaro, a deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) também se manifestou pela saúde do presidente. "Melhoras ao presidente", afirmou.

O líder do PSB na Câmara, Alessandro Molon, chamou Bolsonaro de "irresponsável" por tirar a máscara durante o anúncio da doença para os jornalistas.

"Mesmo com coronavírus, Bolsonaro dá mau exemplo!", iniciou. Ele enumerou o que considerou maus exemplos so presidente: "1. Fala perto de repórteres 2. Faz propaganda de remédio sem eficácia comprovada 3. Recomenda cloroquina + azitromicina = altamente tóxico 4. Mente ao dizer que só é grave para doentes e idosos São 65 mil mortos. Irresponsável".

A deputada Carla Zambelli (PSL-SP) publicou uma fotomontagem em rede social com os dizeres "Força, presidente". "Fique bem logo!", disse a parlamentar, aliada de primeira hora de Bolsonaro.

O médico João Gabbardo, ex-secretário executivo do Ministério da Saúde e atual secretário executivo do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, desejou a Bolsonaro um quadro de sintomas leves. "Nós gostaríamos que o presidente seja um dos 86% das pessoas que tem covid e apresentam sintomas leves. Que possa o mais rápido possível se recuperar e voltar a exercer suas atividades normalmente. Esse é o nosso desejo", declarou Gabbardo em coletiva.

Veja abaixo outras reações de políticos aliados ou opositores ao governo.

Política