PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro faz passeio de moto e conversa sem máscara com garis em Brasília

Bolsonaro conversa sem usar máscara com garis na área externa do Palácio da Alvorada - Adriano Machado/Reuters
Bolsonaro conversa sem usar máscara com garis na área externa do Palácio da Alvorada Imagem: Adriano Machado/Reuters

Do UOL, em São Paulo

23/07/2020 18h06Atualizada em 23/07/2020 20h01

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi fotografado hoje passeando de moto na área externa do Palácio da Alvorada. No caminho, parou para conversar com garis, sem usar máscara de proteção contra o novo coronavírus.

Há duas semanas, Bolsonaro testou positivo para a covid-19. Desde então, está em isolamento na residência oficial. Ontem testou positivo pela terceira vez.

Fotos feitas pela Reuters mostram Bolsonaro usando capacete enquanto dirige e motocicleta, mas quando para próximo aos garis ele tira o equipamento e permanece sem máscara enquanto fala com os profissionais.

Bolsonaro moto - Adriano Machado/Reuters - Adriano Machado/Reuters
Bolsonaro dirige motocicleta na área externa do Palácio da Alvorada
Imagem: Adriano Machado/Reuters

Em transmissão ao vivo feita na tarde de hoje, o presidente disse que não tem como ficar isolado.

"A questão da pandemia, não tem como evitar, como ficar isolado. Não existe como evitar, quem está vivendo em sociedade, mais cedo ou mais tarde vai pegar [a covid-19]", disse. "No Brasil, ninguém morreu, pelo que eu tenho conhecimento, por falta de atendimento médico".

Na live semanal, o presidente afirmou que doentes de covid-19 deixam de transmitir o vírus a partir do 14º dia após o diagnóstico — mas não apresentou evidências científicas.

"Eu estou no 17º dia, mas não posso, por esse protocolo [de distanciamento social], sair na rua porque vai ter ação judicial contra mim, só vou poder sair quando estiver negativado", afirmou.

Terceiro teste positivo

Este é o terceiro teste de covid-19 feito pelo presidente que dá positivo. O primeiro resultado foi revelado em 7 de julho, quando ele descobriu a doença. Posteriormente, em 15 de julho, Bolsonaro se submeteu a novo exame, e o laudo mostrou que ele ainda não estava curado.

Recluso, o mandatário alimentava expectativa de estar curado e retornar às funções sem restrições médicas ainda nesta semana.

"O presidente Jair Bolsonaro segue em boa evolução de saúde, sendo acompanhado pela equipe médica da Presidência da República. O teste realizado pelo presidente no dia de ontem, 21, apresentou resultado positivo", informa nota emitida pela Secretaria de Comunicação do governo.

Coronavírus